Home / Notícias / 30/03/2021 - RJ anuncia calendário unificado de vacinação e vai priorizar policiais e professores

30/03/2021 - RJ anuncia calendário unificado de vacinação e vai priorizar policiais e professores

SyndContentImpl.value=
Foi um pleito dos prefeitos para que tivéssemos um calendário unificado. Estávamos verificando uma grande migração entre as cidades para a vacinação, disse governador em exercício Rio, Claudio Castro (PSC) O governador em exercício do Rio de Janeiro, Claudio Castro (PSC), anunciou que o Estado terá um calendário de vacinação unificado para as suas 92 cidades, a ser detalhado em decreto publicado ainda nesta terça-feira (30). Castro informou que as novas datas não são obrigatórias e que a proposta serve como um "balizador" para prefeitos e população. Ele fez o anúncio em entrevista coletiva no Palácio Guanabara, sede do governo fluminense. "Foi um pleito dos próprios prefeitos para que a gente fizesse um calendário unificado. Estávamos verificando uma grande migração entre as cidades para a vacinação. A intenção não é criar obrigação, mas, sim, um balizador para o diálogo com os municípios", disse Castro. Ele afirmou que o aumento previsto nas entregas de doses pelo governo federal deve facilitar o avanço da vacinação. O secretário de Saúde da capital fluminense, Daniel Soranz, confirmou recentemente que o Rio de Janeiro tem recebido grandes contingentes de outros municípios em busca de vacinação. Mais de uma vez, o prefeito Eduardo Paes (DEM) disse que todos, independentemente da naturalidade, serão aceitos e vacinados por estarem cobertos pelo Sistema Único de Saúde federal (SUS). Na cidade, hoje, se vacinam pessoas com 70 anos e as idades vão caindo ao longo de abril, até que, no dia 22, começa a vacinação para a faixa etária com 60 anos. A capital tem vacinado em ritmo bem superior ao restante do Estado. Professores e policiais Castro informou que a nova proposta prioriza categorias: os 324 mil profissionais de saúde que ainda não se vacinaram no Rio, além de profissionais de segurança e da Educação. Ele disse que há preocupação sobre policiais, guardas municipais e agentes penitenciários, que circulam entre as populações e poderiam se tornar vetores. Ele informou que a vacinação especial desse grupo começa a partir de 12 de abril. Castro é aliado político do presidente Jair Bolsonaro, que tem nos agentes de segurança parte importante de seu eleitorado. Sobre a vacinação especial para professores, o governador em exercício disse acreditar que as escolas devem ser as últimas a fecharem e as primeiras a abrirem, mas que é preciso ter escolas seguras. Ocupação de leitos Castro informou ainda que a taxa de ocupação de leitos no Estado caiu de 92% para 87% nas últimas horas, o que ele atribui à abertura de novas instalações em enfermarias e UTIs das redes federal e estadual. "Isso ainda não dá tranquilidade, mas é a prova de que abrindo leitos vamos conseguir diminuir essa taxa." Ele disse que, nos últimos sete dias, foram abertos 397 novos leitos, sendo 224 de UTI na rede federal. Na rede de saúde estadual, foram abertos 99 leitos, afirmou Castro. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER