Home / Notícias / 29/03/2021 - Freixo diz que festa de Castro é ?absurdo? e governador pede desculpa

29/03/2021 - Freixo diz que festa de Castro é ?absurdo? e governador pede desculpa

SyndContentImpl.value=
Cláudio Castro reuniu família e amigos para comemorar o aniversário, apesar da decretação do período de dez dias de medidas restritivas, que incluem confraternizações particulares Líder da minoria na Câmara em Brasília e pré-candidato ao Palácio Guanabara na eleição do ano que vem, o deputado federal Marcelo Freixo (Psol-RJ) classificou como um ?absurdo? a festa de aniversário que o governador em exercício do Rio, Cláudio Castro (PSC), realizou nesse domingo numa casa alugada no distrito de Itaipava, em Petrópolis, na Região Serrana fluminense. ?[Está] Festejando o quê? Certamente não é o sucesso de seu governo, muito menos do país. Temos um país com pandemia e fome. É um absurdo, mas no governo dele tudo é um absurdo. Não dá para ter um governo absurdo com uma pessoa sensata?, criticou, em entrevista ao Valor. Nesta segunda, Castro divulgou um vídeo em que pediu desculpas pela comemoração e tentou dar a ela um caráter de ?almoço familiar? que teria crescido com a chegada de amigos. ?Foi um almoço com os meus familiares, pessoas que já convivem comigo diariamente. Realmente, alguns amigos acabaram aparecendo. E eu queria pedir desculpa, reconhecer o erro e pedir desculpa para toda a população fluminense", disse o governador. Ao Valor, o presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT), disse que havia sido convidado por Castro para o almoço, mas não compareceu ? convite que indica uma reunião para além do círculo familiar. O episódio, em sua opinião , ?não é um bom exemplo? e cria um mal-estar com a população, tanto que o governador fez o pedido de desculpas. Cláudio Castro, segundo relato de ?O Globo?, reuniu família e amigos para comemorar seus 42 anos, apesar da decretação do período de dez dias de medidas restritivas, que incluem confraternizações particulares, e vigoram desde sexta-feira e vão até o domingo de Páscoa. Na semana passada, o governador protagonizou uma briga política com o prefeito da capital, Eduardo Paes (DEM), pois defendia um decreto mais flexível, com abertura de bares e restaurantes, descaracterizando e reduzindo os efeitos pretendidos do lockdown. Contrário à ideia, Paes a apelidou de ?micareta? e ?Castrofolia? e disse que as medidas na capital seriam mais duras. O governador esboçou uma reação na Justiça, mas acabou desistindo já que decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) dá autonomia aos municípios para a decretação de um isolamento social mais rígido. No entorno do governador, a festa foi considerada um ?encontro impróprio?, um ?descuido?. ?Temos que reconhecer que ele deu mole?, afirmou ao Valor uma pessoa próxima de Castro. Marcelo Freixo Pablo Valadares/Câmara dos Deputados SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER