Home / Notícias / 19/03/2021 - ONGs denunciam na ONU ?retrocesso no controle de armas? no Brasil

19/03/2021 - ONGs denunciam na ONU ?retrocesso no controle de armas? no Brasil

SyndContentImpl.value=
Alerta é de que governo ampliou acesso a armas e munições e reduziu capacidade do Estado de controlar arsenais, o que tem impacto no racismo e na violência contra mulheres As queixas contra o governo de Jair Bolsonaro prosseguiram nesta sexta-feira no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, no que já está se tornando quase uma rotina. Desta vez, três organizações não governamentais brasileiras - Conectas Direitos Humanos, Instituto Igarapé e Instituto Sou da Paz ? procuraram chamar a atenção internacional para o que consideram ?retrocessos na regulamentação do controle de armas de fogo e munições no Brasil?. Conforme as ONGs, apesar dos altos índices de violência armada, o governo brasileiro ampliou o acesso a armas e munições e reduziu a capacidade do Estado de controlar esses arsenais. Exemplificam que, nos últimos dois anos, já houve um aumento de 65% no número de novas armas registradas. Na intervenção hoje no Conselho de Direitos Humanos, as três ONGs notam que, no ano passado, 43 mil pessoas foram mortas no Brasil, sendo 70% delas com o uso de armas de fogo. Steve Buissinne / Pixabay ?Essa política acentua os impactos do racismo, uma vez que os negros são três quartos das vítimas de homicídio?, afirmaram, diante de representantes da comunidade internacional. ?Também negligencia a importância do controle de armas de fogo e munições para reduzir a violência contra as mulheres e outras formas de vitimização?. As ONGS disseram também que a desregulamentação abrangente para armas ?afeta não apenas a segurança e a estabilidade democrática do Brasil, mas também pode ser uma ameaça para outros países que seriam afetados por fluxos de tráfico de armas de fogo e munições?. As organizações pediram para o Conselho de Direitos Humanos da ONU ?monitorar de perto as violações dos direitos humanos no Brasil?. Também apelaram ao Judiciário e ao Congresso Brasileiro ?para reagir rapidamente para evitar esses reveses; exigimos do governo federal o fim dessa desregulamentação e a implementação de políticas de segurança pública que respeitem a vida, enfrentem o racismo e garantam prioritariamente os direitos e garantias fundamentais para sua população?. No começo da semana, o presidente Jair Bolsonaro foi denunciado no mesmo Conselho por ?devastadora tragédia humanitária? na gestão da pandemia de covid-19 no país. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER