Home / Notícias / 19/02/2021 - Bolsas de NY fecham sem direção única, com pressão do avanço dos juros dos Treasuries

19/02/2021 - Bolsas de NY fecham sem direção única, com pressão do avanço dos juros dos Treasuries

SyndContentImpl.value=
O Nasdaq fechou em alta de 0,07%, acumulando perdas de 1,57% na semana; o S&P 500 recuou 0,19% na sessão e 0,71% na semana; já o Dow Jones fechou a sessão estável e a semana em alta de 0,11% Os índices acionários de Nova York fecharam sem direção única nesta sexta-feira (19), com os investidores avaliando se as altas continuadas dos juros dos títulos do Tesouro americano (Treasuries) justificam mais perdas após o tombo sofrido nesta semana pelas ações de tecnologia. O Nasdaq fechou em alta de 0,07%, a 13.874,46 pontos, acumulando perdas de 1,57% na semana, enquanto o S&P 500 recuou 0,19% na sessão, fechando o dia a 3.906,71 pontos, e 0,71% na semana. Já o Dow Jones fechou a sessão estável, a 31.494,32 pontos, mas conseguiu encerrar a semana em alta de 0,11%. A alta dos juros dos Treasuries pressionou as ações em Nova York nesta semana, ao aumentar a atratividade dos títulos americanos em comparação com as ações, diminuindo a demanda por risco. O Nasdaq, que liderou os ganhos em Wall Street no ano passado, com alta de mais de 40%, e segue com a melhor performance em 2021, sofreu uma sequência de quedas nesta semana, tendo sido especialmente prejudicado pelo avanço do rendimento (yield) dos Treasuries. As ações do setor de tecnologia são normalmente compradas como uma aposta no crescimento futuro das empresas e são especialmente sensíveis aos aumentos nas taxas de juros, já que eles corroem parte do valor dos fluxos de caixa futuros. "Um dos principais motores para o mercado acionário nos últimos meses tem sido a falta de competição", disse Kiran Ganesh, estrategista multimercados do UBS Global Wealth Management, à Dow Jones Newswires. "Se os yields subirem, poderemos ver algumas pessoas fazendo a rotação das ações de crescimento para crédito ou títulos soberanos". Nesta sexta, o rendimento da T-note de dez anos fechou em alta a 1,34%, de 1,29% do fechamento anterior e bem acima dos 1,20% do fechamento da semana passada. Dados econômicos Os dados econômicos americanos não empolgaram muito os investidores. O índice PMI de serviços subiu para 58,9 pontos, de 58,3 em janeiro, anotando nova máxima de 71 meses e contrariando a expectativa de consenso, de queda para 58 pontos. O PMI industrial, por outro lado, caiu para 58,5 pontos em fevereiro, de 59,2 em janeiro, numa queda maior do que a esperada, a 59,0 pontos. Analistas do JPMorgan Chase disseram, hoje, que esperam que o consumidor americano supere as expectativas para o resto do ano, dados os estímulos fiscais esperados e a perspectiva de reabertura econômica, conforme as vacinas são distribuídas. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER