Home / Notícias / 19/02/2021 - Antes commodity estrela, ouro agora é lanterninha do mercado

19/02/2021 - Antes commodity estrela, ouro agora é lanterninha do mercado

SyndContentImpl.value=
Metal começou 2021 com expectativas elevadas, mas agora mostra o pior começo em 30 anos O ouro começou o ano com expectativas elevadas na esteira de um recorde e maior ganho anual em uma década. Mas, agora, o metal precioso mostra o pior começo em 30 anos. Os preços à vista chegaram a cair para o menor nível em sete meses nesta sexta-feira, o que aprofundou a queda e rompeu um nível de suporte que, segundo analistas, poderia prenunciar mais perdas. O ouro já caiu mais de 6% neste ano. O metal, que subiu no ano passado em meio à demanda por ativos seguros devido à pandemia, baixas taxas de juros e gastos de estímulo, agora registra o pior desempenho em 2021, segundo o índice Bloomberg Commodity. De repente, o metal enfrenta uma série de obstáculos inesperados. O principal deles é a surpreendente resiliência do dólar e o aumento dos rendimentos dos Treasuries, já que indicadores econômicos mostram que a recuperação do impacto da pandemia está no bom caminho. Com ?as taxas subindo e expectativas de inflação atingindo o pico, vemos realização de lucro no ouro? com a migração para metais industriais como o cobre, disse Peter Thomas, vice-presidente sênior do Zaner Group, em Chicago. ?É uma tempestade perfeita.? Paul Taggart/Bloomberg O início de ano do ouro é o pior desde 1991, segundo dados compilados pela Bloomberg. A alta dos rendimentos do Tesouro pesa sobre a demanda por barras de ouro, que não rendem juros. Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos subiram para o nível mais alto em cerca de um ano nesta semana. As expectativas de inflação também subiram, e as taxas de equilíbrio de 10 anos dos EUA atingiram o maior patamar desde 2014 no início da semana. Ainda assim, isso pode não ser tão favorável para o ouro como normalmente seria, de acordo com Carsten Menke, analista do Julius Baer. Uma ?recuperação rápida levará inevitavelmente a uma inflação mais alta. Isso não deve ser positivo para o ouro, pois é um bom tipo de inflação, que reflete uma aceleração da atividade econômica, e não um tipo ruim de inflação, sinalizando perda de confiança no dólar americano?, escreveu Menke em relatório. A recuperação econômica deve levar investidores a venderem algumas posições em ouro, disse. Há sinais de que as vendas já começaram. As posições em fundos de índice lastreados em ouro caíram para o nível mais baixo desde julho, segundo dados compilados pela Bloomberg. Mas alguns acreditam em recuperação do metal precioso com a aposta de que a incapacidade de governos e bancos centrais de normalizar a política de estímulo vai impulsionar o ouro. O Goldman Sachs disse no final de janeiro que, com as perspectivas de estímulo adicional e manutenção dos juros pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), o metal ?continua sendo um investimento atraente para o investidor de médio a longo prazo?. ?Para nós, o comportamento do ouro no momento se assemelha ao de um tsunami: na primeira fase, a água recua (o preço do ouro cai) e, na segunda fase, retorna com ainda mais violência?, disse Daniel Briesemann, analista do Commerzbank. ?No final do ano, vemos o ouro a US 2.000 por onça.? SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER