Home / Notícias / 12/02/2021 - Auxílio emergencial: Pacheco, Lira e Guedes devem se reunir hoje para discutir benefício

12/02/2021 - Auxílio emergencial: Pacheco, Lira e Guedes devem se reunir hoje para discutir benefício

SyndContentImpl.value=
A pressão do Congresso sobre a equipe econômica pelo auxílio emergencial está cada vez maior Marcelo Camargo/Agência Brasil Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o ministro da Economia, Paulo Guedes, devem se reunir nesta sexta-feira para discutir, mais uma vez, o novo auxílio emergencial. A previsão inicial é que o encontro entre os três aconteça durante um almoço de "entendimento". A pressão do Congresso sobre a equipe econômica está cada vez maior. As cúpulas do Senado e da Câmara já sinalizaram que querem uma solução o mais rápido possível. Leia mais: Bolsonaro afirma que benefício deve voltar a ser pago em março Diante da sinalização de que o Legislativo poderia buscar sozinho uma saída para atender a população que ficou sem apoio do Estado desde o fim do auxílio emergencial, Guedes disponibilizou ontem a equipe da pasta para tratar do assunto durante o Carnaval com técnicos do Congresso. A pressão também ganhou o reforço do próprio presidente Jair Bolsonaro. Ele sinalizou que o novo auxílio emergencial pode valer já a partir de março e durar até quatro meses, informação que pegou de surpresa os técnicos, que discutiam três meses. Leia mais: Com auxílio emergencial, meta fiscal deste ano terá que ser alterada Segundo apurou o Valor, na equipe econômica ainda há disposição de tentar barrar a recriação do auxílio emergencial, porque não há aumento do isolamento social. Mas o clima político é considerado praticamente irreversível. Auxiliares do ministro avaliam que seria mais promissor investir em programas de geração de emprego e ações setoriais específicas para os mais atingidos pela pandemia (com medidas como transação tributária) e que o cenário neste ano é bem diferente de 2020, quando o fechamento do comércio e outros setores era bem mais expressivo. Leia mais: Estados e municípios querem ter programas próprios Além disso, enxergam que não é correto fazer o auxílio emergencial sem medidas de ajuste fiscal como contrapartidas. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER