Home / Notícias / 04/03/2021 - Paes diz que quer evitar 'lockdown' total na capital fluminense

04/03/2021 - Paes diz que quer evitar 'lockdown' total na capital fluminense

SyndContentImpl.value=
?O pior cenário do mundo é a gente ter que fechar tudo?, nota prefeito do Rio As medidas restritivas de circulação social mais duras na cidade do Rio de Janeiro, publicadas hoje em decreto no Diário Oficial do município para inibir contaminação por covid-19, visam evitar fechamento total da capital fluminense, de comércio e outras atividades, explicou há pouco o prefeito da cidade Eduardo Paes (DEM). As medidas entram em vigor na sexta-feira e devem durar uma semana. ?Uma semana pode ser decisiva na cadeia de contaminação do vírus?, disse. ?O pior cenário do mundo é a gente ter que fechar tudo?, afirmou o prefeito. Em entrevista coletiva para falar sobre o tema, Paes frisou que, até o momento, a pandemia na cidade do Rio não apresenta quadro tão grave quanto de outras cidades no país. Leo Pinheiro/Valor Nesta semana, Paes postou tabela em seu perfil no Twitter mostrando que, nos meses de janeiro e fevereiro, foram apurados na cidade do Rio 17.251 casos de covid-19, recuo de 68,3% ante bimestre imediatamente anterior, referente aos meses de novembro e dezembro (54.378). Já as mortes pela doença somaram 1.154 na capital fluminenses no primeiro bimestre do ano, 71,2% a menos do que o observado no último bimestre de 2020 (4.009), frisou Paes. "Os números da cidade do Rio ainda são bons e esperamos que ele continuem bons. Estamos com situação ainda confortável e tomamos essas medidas para que continue confortável", afirmou ele. Embora, em casos e em óbitos, os números na capital fluminense não sejam tão graves quanto os do fim do ano passado, há uma "tendência pequena de subida de número de casos em UPAs que eu não gostei", ressalvou o prefeito. "Isso, somado ao alerta da Fiocruz, fez com que aumentemos as restrições. Restrições que alguns ainda consideram duras, mas que estão sendo tomadas para que medidas realmente duras não sejam tomadas", afirmou, citando boletim da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), veiculado nesta semana, que alerta para piora simultânea da pandemia e de atendimento do sistema de saúde para a doença em todo o país. "Nosso objetivo aqui [com as medidas restritivas mais duras] é nos antecipar, manter números baixos [de casos e de óbitos de covid-19] que temos neste ano", completou. As medidas publicadas em decreto assinado hoje por Paes vão desde horário mais restritivo para bares e restaurantes até uma espécie de "toque de recolher" na cidade, onde será proibida permanência em via pública de circulação de pessoas entre 23h e 5h. Ao ser questionado por repórter de que bares e restaurantes alegaram não terem sido avisados sobre o decreto, Paes reiterou que as ações divulgadas hoje visam evitar um fechamento ainda mais restritivo do comércio na cidade. "Estamos fazendo essas medidas para evitar o 'lockdown' [fechamento total de atividades e comércio], para seguirmos com a vida o mais normal possível. Não vamos tomar medida por pressão de nenhum grupo" afirmou ele, frisando que as ações de hoje foram estabelecidas pela prefeitura após consultas com especialistas, sobre o tema. O prefeito frisou ainda que seu objetivo é evitar mesmo ritmo de mortes pela doença observado no ano passado. "Precisamos evitar o que ocorreu no ano passado. O Rio [em 2020] teve o dobro de mortes da cidade de São Paulo [por covid-19]. Fomos a capital brasileira que mais matou gente, em que mais gente morreu de covid-19", completou ele. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER