Home / Notícias / 30/11/2016 - Social Business e a Transformação Digital das relações humanas

30/11/2016 - Social Business e a Transformação Digital das relações humanas

Social Business e a Transformação Digital das relações humanas
*Por Ricardo Croffi

Muito se fala sobre as redes sociais estarem criando ?condomínios virtuais?, que permitem a interação de públicos restritos, e círculos fechados de informação na internet. Também ouvimos que as pessoas estão regredindo na forma de escrever devido ao mundo digital e, até mesmo que, a virtualização está nos distanciando do contato humano e da interação presencial.

Mas, vamos considerar um olhar diferente sobre essa questão. A convergência de diversas tecnologias móveis, apps e mídias sociais, a capacidade de lidar com grandes volumes de dados (Big Data) e a computação em nuvem, tem permitido à nossa sociedade uma capacidade de compartilhamento de ideias numa escala global nunca antes vista. Diante desse cenário, nosso desafio é encontrar formas das pessoas se identificarem com a nossa mensagem. Afinal, quanto mais informação disponível, maior a necessidade de se diferenciar os conteúdos a fim de atrair a atenção do público para determinada informação e ressoá-la com suas próprias ideias no mundo digital.

Ao mesmo tempo em que as redes sociais têm criado ?condomínios virtuais?, elas também estão conectando milhões de pessoas que antes não se conheciam, promovendo a troca e o debate sobre temas de interesse global. Há de se reconhecer que temos muito mais pessoas escrevendo e publicando suas ideias hoje em dia, atingindo milhares de posts nas redes sociais todos os dias.

E se mudarmos o enfoque das relações pessoais para as relações corporativas, veremos a mesma realidade. É por isso que empresas têm investido a fundo para planejar e agir sendo produtivas, eficientes e bem posicionadas diante de toda essa transformação.

Embora seja muitas vezes imperceptível, nesse mundo digital, grande parte de nossos comportamentos e atitudes pessoais são armazenadas. Publicamos fotos, compartilhamos opiniões sobre diversos assuntos e convidamos amigos para eventos: tudo isso é de alguma forma monitorado. Já parou para pensar que essa transformação também acontece no mundo corporativo? Se, no trabalho, elaboramos relatórios, promovemos reuniões e trocamos documentos, tudo isso também pode ser gerenciado.

O enorme volume de dados das organizações, considerado hoje um de seus principais ativos, passa agora a contar com tecnologias capazes de registrar, processar e promover valiosos insights combinando todas essas informações, aumentando exponencialmente nossa capacidade de análise.

Cabe então às organizações superar o desafio de influenciar o mercado, seus clientes e seus próprios funcionários diante desse atual ambiente em rede, caracterizado pela interação e colaboração a todo momento.

Se, no passado, esse tipo de influência era conquistada por meio de campanhas massivas de marketing, hoje o consumidor exige muito mais. É necessário construir uma relação de confiança com base em experiências. Isso porque a utilização de redes sociais já faz parte do nosso cotidiano, quebrando os tradicionais limites entre vida pessoal, profissional, horário produtivo e momentos criativos.

Temos hoje um novo perfil de profissional que interage com o mercado de maneira mais ampla. Mercado esse que valoriza cada vez mais a experiência que se tem com as marcas do que o produto em si. Isto leva as empresas a perceberem que, cada vez mais, o que têm de mais valioso é o conjunto de experiências que são capazes de proporcionar para seu cliente. É por isso que quando um cliente compra um produto ou serviço de uma empresa, ele também compra a sua cultura.

É exatamente nesse contexto que se encaixa o conceito de Social Business, uma vez que nossa capacidade de compartilhar é hoje exponencialmente maior e influencia o modo como trabalhamos e vivemos. A chave para o sucesso é explorar todo o conteúdo online e essa imensa quantidade de informações por meio das tecnologias móveis, como celulares, smartphones, tablets, entre outros, incorporando tudo disso à capacidade de monitoramento e análise das redes sociais e do Social Business.

Vale lembrar que aplicar o Social Business na gestão das empresas vai muito além de ter um perfil nas redes sociais. É necessário que as organizações atuem com as capacidades sociais e colaborativas no seu core business transformando seus funcionários na linha de frente com os clientes. Eles são os principais porta-vozes da marca e os primeiros usuários das inúmeras apps que serão consumidas e promovidas no mercado.

Eis outro desafio importante das companhias: buscar talentos abertos para o conhecimento coletivo, os chamados ?Millennials?, aqueles profissionais que têm a habilidade de compartilhar conhecimento e impactar seus grupos de influência. Têm um perfil dinâmico e independente, sendo capazes de trafegar de empresa em empresa com um novo conjunto de comportamentos.

Em resumo, os avanços nas tecnologias de mobilidade, Cloud Computing, Big Data e redes sociais, estão permitindo maior conexão e interação entre as pessoas bem como trazendo mais agilidade e produtividade para as empresas graças a uma força de trabalho melhor distribuída. Para empresas e gestores, o maior ganho se dá no fluxo do conhecimento que é hoje amplamente compartilhado, criando um grande arcabouço digital, o que permite identificar pessoas com experiências semelhantes e desafios similares gerando uma nova percepção, um conhecimento distinto. Essa expertise compartilhada é a verdadeira força do Social Business.

*Ricardo Croffi de Camargo é especialista em Marketing na empresa Imagem

Sobre a Imagem

Integrar seus processos de negócio e conquistar o engajamento da sua equipe. O propósito da é Imagem levar cada vez mais inteligência para a gestão da sua corporação.

Imagem 30 anos - Mais Inteligência na sua Decisão

Mais informações em www.img.com.br.

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 9:00h às 18:00h

NEWSLETTER