Home / Notícias / 27/12/2016 - Os desafios para uma nova carreira profissional

27/12/2016 - Os desafios para uma nova carreira profissional

Desgaste, frustação, estagnação, insatisfação e falta de aptidão ou vocação são alguns dos principais motivos…

Em levantamento realizado pela área de Soluções de Talentos da rede social de negócios LinkedIn, os problemas apontados aliados à falta de desafios, contribuem para a decisão de mudanças. Com o intuito de mapear o panorama do mercado de trabalho global, o levantamento procurou demonstrar quais são as causas que impulsionam a mudança de profissão e ainda apontar de que maneira essa espécie de transição tem sido feita atualmente.

Conforme a pesquisa, 34% dos trabalhadores mudam radicalmente de empresa e carreira no mundo. Já no Brasil, o número de pessoas que modificaram suas áreas de atuações profissionais subiu para 39%. Com maior cautela, a população feminina brasileira corresponde a somente 19%.

Segundo informações de uma publicação realizada pelo Portal G1, ?entre os brasileiros, 47% esperam uma contraproposta do contratante antigo, enquanto globalmente 49% não esperam por essa proposta. Geralmente, no novo cargo ou empresa 72% dos candidatos ganham mais que no último trabalho, mundialmente, são 74%?. A pesquisa também apontou que pessoas da geração Y, entre 18 e 35 anos, são os maiores adeptos a este tipo de mudança.

Para o planejamento de uma nova carreira, ainda é preciso considerar, que a sociedade lida ultimamente com um cenário em que jovens entre 14 e 24 anos são os mais atingidos pelo desemprego, segundo dados fornecidos pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No terceiro trimestre de 2016, a taxa de desemprego geral alcançou 11,8% e dentre os jovens da faixa etária citada anteriormente, a taxa atingiu 27,7%. Outro dado informado pela pesquisa é o de que o desemprego também afeta mais os trabalhadores com ensino médio incompleto.

Com este contexto, que se baseia em uma economia instável e indústria em constante mutação, nem sempre trocar de carreira é uma opção, pois, a todo momento os profissionais precisam lidar com novas dinâmicas de mercado, introdução de tecnologias inovadoras, reengenharia de suas empresas, dentre outros complicadores. No entanto, o câmbio profissional é possível, desde que o profissional saiba identificar suas habilidades, reconhecer o conhecimento agregado, e não fazer idealizações sobre uma nova profissão ou seguir embalos.

Os próximos passos a serem dados para a transição profissional seria contabilizar os custos; reservar finanças; avaliar as demandas e estudar as características atuais do mercado de trabalho; criar uma rede de contatos; conhecer as experiências de pessoas que passaram pela mesma situação; aprimorar conhecimentos; cuidar da saúde; e principalmente ter a plena certeza da decisão de mudança profissional. Por fim, o profissional deve acompanhar as principais fontes de emprego como sites especializados, consultorias de Recursos Humanos e Headhunters.

Astrid Vieira ? Diretora da Leaders Outplacement

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 9:00h às 18:00h

NEWSLETTER