Home / Notícias / 27/08/2020 - Dólar encerra em queda após Fed anunciar mudança na política monetária

27/08/2020 - Dólar encerra em queda após Fed anunciar mudança na política monetária

SyndContentImpl.value=
No fim do pregão, a moeda americana foi negociada em baixa de 0,72%, a R$ 5,5758 Mesmo rodeado de ceticismo sobre um alívio mais claro, o dólar comercial fechou em queda contra o real em um movimento que se firmou após o discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell. O dirigente do banco central americano aunciou que a instituição passará a perseguir a meta de 2% de inflação em um período não determinado - medida que implica em juros baixos por mais tempo. Com isso, o dólar comercial fechou em queda de 0,72%, a R$ 5,5758, após tocar R$ 5,5530 na mínima do dia. Lá fora, embora tenha se enfraquecido inicialmente após Powell, o dólar se recuperou rapidamente e passou a exibir valorização contra a maior parte das moedas, emergentes ou desenvolvidas, algo diferente do que era esperado. No fim da tarde, a moeda americana subia 0,88% contra o peso mexicano e 0,95% na comparação com o rand sul-africano. "A reação do mercado ainda está evoluindo. A reversão do enfraquecimento inicial do dólar sugere que os mercados cambiais já haviam precificado tal mudança por parte do Fed, o que significa que outros anúncios serão necessários para que a próxima pernada de depreciação da moeda americana ocorra", dizem estrategistas do Wells Fargo. Em sua apresentação em Jackson Hole, Powell anunciou que o Fed adotará como meta a média da inflação de um período (AIT, na sigla em inglês). Com isso, a autoridade monetária não fica mais obrigada a subir a taxa básica de juros à medida em que a inflação se aproxima da meta. Em um discurso considerado inclusive vago por alguns observadores, Powell não quis explicitar qual a regra o Fed adotará para decidir o momento de subir os juros. Além de um possível espaço maior para a discricionaridade, o dirigente disse ainda que a nova estratégia dará maior peso a um emprego "amplo e inclusivo" do que à própria inflação. Internamente, porém em segundo plano, continuam acesas as preocupações sobre o destino da trajetória fiscal brasileira, em especial após o presidente Jair Bolsonaro rejeitar o plano do ministro Paulo Guedes para elevar o benefício do Renda Brasil, como é chamado o sucessor do Bolsa Família. Ontem, o presidente teria dado à equipe econômica três dias para reformatar o programa. Para o estrategista Sacha Tihanyi, da TD Securities, os comentários de Powell até contribuem para emergentes e, portanto, para o real, ?mas não acho que será um fator- chave. Em vez disso, teremos que ver como o Fed incorpora essa nova estrutura em sua orientação de política monetária nas próximas reuniões?, explica. Chris Ratcliffe/Bloomberg SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER