Home / Notícias / 27/03/2017 - Líder Servidor: como a empatia pode transformar o clima organizacional

27/03/2017 - Líder Servidor: como a empatia pode transformar o clima organizacional

Talvez o segredo das relações, e também o mais desafiador, seja realmente calçar o sapato…

A essência da motivação de um time está em conhecer o que se realiza. Sem entendimento qualquer ação cairá na inutilidade, uma vez que as pessoas são motivadas por si mesmas a partir do momento que passam a entender e participar dos processos e resultados. Por isso, além de todas as competências pessoais tão amplamente divulgadas, o líder atual deve ser servidor, não apenas em suas ações, mas em seu íntimo. O serviço aproxima as pessoas e revela um interesse genuíno no próximo demonstrando, acima de habilidades ou conhecimentos técnicos, qualidades relacionadas à educação de cada um.

Muito se pode aprender para uma função de liderança. Competências e habilidades podem ser desenvolvidas e conhecimento técnico pode ser obtido através de bons cursos, processo de coaching ou mentoring. Porém, a liderança servidora está muito ligada aos valores morais obtidos a partir dos princípios nos quais uma pessoa foi criada. O líder servidor emerge com qualidades como respeito, solidariedade, empatia e humildade, características mais predominantes do meio em que viveu e das experiências pessoais.

Este modelo de liderança é facilitador e apoiador da equipe, ao contrário do líder autoritário. Ele influencia muito pouco nas decisões, mas está sempre perto o suficiente para ajudar. Deve apontar o caminho a ser seguido e também dar o exemplo, pois o senso de utilidade das pessoas é um agente motivador e deve ser incentivado pela liderança.

Tendo em vista que ninguém pode motivar ao outro, uma vez que a motivação é gerada dentro de cada um por razões individuais, o líder servidor aparece mostrando à equipe a importância de cada um no processo, sendo transparente com relação a metas e resultados e proporcionando condições para tomada de decisões, com foco em gerar melhores resultados.

É preciso ter em mente que os liderados podem até errar, mas caberá à liderança medir os impactos. Com os riscos calculados, deixar as pessoas tomarem as próprias decisões não é um posicionamento difícil para a liderança. Em uma organização estruturada com base em servir, a motivação minimiza os riscos.

As relações de trabalho podem ser transformadas a partir dos princípios da liderança servidora genuína. O líder que se importa realmente com o próximo, que tem paixão pelo que faz, que gosta de gente, que olha nos olhos e tem relacionamento pessoal com sua equipe não teme os desafios. Ele sabe que as pessoas estarão comprometidas com sua liderança porque passaram a entender o que faz e porque faz. Um ambiente feliz é feito de pessoas felizes e pessoas felizes é o foco do líder servidor. Os resultados virão a partir daí.

Autor:

Neto Mello é gerente de Recursos Humanos, Relações Institucionais e Segurança e Saúde da OJI PAPÉIS ESPECIAIS. Graduado em Engenharia Mecânica e Psicanálise Clínica, Coach formado pelo ICI com MBA Executivo Internacional em Logística Empresarial, MBA Executivo em Gestão Empresarial e Pós-graduado em Gestão de Recursos Humanos. Aluno formado em Leadership pela IMD University, Lausanne ? Suíça. Tem 21 anos de sólida experiência na Indústria e Serviços; cinco anos de experiência gerencial no segmento Industrial, cinco anos de experiência gerencial na Logística, 11 anos gerenciando a área de Recursos Humanos de empresas de grande porte nacionais e multinacionais. www.ojipapeis.com.br

------------------------------------------------------------------------------------
Segs.com.br valoriza o consumidor e o corretor de seguros

 

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 9:00h às 18:00h

NEWSLETTER