Home / Notícias / 26/08/2020 - TCU estima em R$ 42 bi pagamentos indevidos do auxílio emergencial

26/08/2020 - TCU estima em R$ 42 bi pagamentos indevidos do auxílio emergencial

SyndContentImpl.value=
Auditoria aponta que mais de 6 milhões pessoas receberam o benefício sem ter direito Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) estimou que os pagamentos indevidos do auxílio-emergencial podem chegar a R$ 42,1 bilhões. O relatório foi votado nesta quarta-feira pelo plenário do órgão de controle Desse montante, R$ 23,7 bilhões foram destinados a 6,4 milhões de pessoas que estariam recebendo sem ter direito. Os outros R$ 18,4 bilhões são de mães que foram indevidamente cadastradas como chefes de domicílio, o que garante o recebimento dobrado do benefício, de R$ 1,2 mil. Relator do processo, o ministro Bruno Dantas destacou que as devoluções voluntárias de pagamentos indevidos somam R$ 104 milhões, segundo os números mais atualizados. O valor se refere ao pagamento indevido feito a 111 mil pessoas. Além dos pagamentos indevidos, a auditoria do TCU concluiu que o governo não fez estudos técnicos para basear a prorrogação de duas parcelas no valor de R$ 600, em julho e agosto. O órgão de controle também apontou que o Ministério da Cidadania não está fazendo a avaliação periódica para verificar se os beneficiários ainda se encaixam nos requisitos do programa. Marcello Casal JrAgência Brasil/ MArcello Casal Jr/Agência Bras SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER