Home / Notícias / 26/08/2020 - Bolsonaro diz que não enviará proposta do Renda Brasil feita pela equipe econômica

26/08/2020 - Bolsonaro diz que não enviará proposta do Renda Brasil feita pela equipe econômica

SyndContentImpl.value=
"Não posso tirar de pobres para dar para paupérrimos", afirmou o presidente em evento em Minas Gerais O presidente Jair Bolsonaro disse hoje, em evento em Minas Gerais, que não irá ?tirar de pobres para dar para paupérrimos? e não levará adiante a proposta formulada por sua equipe econômica para o programa Renda Brasil. Segundo ele, a proposta da equipe do ministro Paulo Guedes para o tema não será enviada ao Congresso Nacional. "Estamos discutindo com a equipe econômica. Ontem discutimos a possível proposta do Renda Brasil e eu ontem falei: 'está suspenso'. Vamos voltar a conversar", afirmou Bolsonaro. "A proposta que a equipe econômica apareceu para mim não será enviada ao Parlamento. Não posso tirar de pobres para dar para paupérrimos. Não podemos fazer isso aí." O Renda Brasil é o programa em elaboração pelo governo para substituir o Bolsa Família. A ideia é ampliar o alcance e o valor dos benefícios e garantir a incorporação de pessoas que hoje estão recebendo o auxílio emergencial de R$ 600 pagos durante a pandemia. Para viabilizar o programa, técnicos do governo estão avaliando medidas tanto do lado das despesas (como a unificação e redução de programas como abono salarial, seguro-defeso e Farmácia Popular) e do lado da receita (com deduções de saúde e educação do Imposto de Renda, por exemplo). No entanto, ele descartou a proposta de extinguir o abono anual pago a quem ganha até dois salários mínimos como forma de financiar o programa. ?[O abono] Seria um 14º salário. Não podemos tirar isso de 12 milhões de pessoas para dar para um Bolsa Família ou Renda Brasil, seja lá o que for o nome desse novo programa?, afirmou. ?Ou o Brasil começa a produzir ou realmente fazer um programa social que interessa a todos nós, que o melhor programa que existe é o emprego, ou nós estamos fadados ao insucesso. Não posso fazer milagre e conto com todos os brasileiros para faça o melhor de si para tirar o Brasil da situação difícil que se encontra, que não é de hoje.? No evento em Minas Gerais, Bolsonaro voltou a comentar a prorrogação do auxílio emergencial, mas sem indicar ainda um valor definitivo. "Como [o auxílio] é emergencial, temos que ter um ponto final nisso. Não podemos 'ad eternum' bancar 65 milhões de pessoas com R$ 600, R$ 1,2 mil e algumas com até R$ 1,8 mil por mês. Resolvemos estendê-lo até dezembro. O valor não será nem R$ 600 nem R$ 200", disse. Segundo uma alta fonte do Palácio do Planalto, com quem o Valor conversou nesta quarta-feira, há a tentativa de tirar recursos pra o Renda Brasil de alguma área que não seja a social. "A ginástica é a montagem de modo a não furar o teto de gastos nem deixar os menos favorecidos à míngua instantaneamente?. Segundo a fonte, apesar da divergência entre Bolsonaro e Guedes, a permanência do ministro não está ameaçada. O presidente Jair Bolsonaro participa de evento em unidade da Usiminas, em Ipatinga (MG) Marcos Corrêa/PR SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER