Home / Notícias / 25/08/2020 - Confiança do comércio tem 4ª alta consecutiva em agosto, aponta FGV

25/08/2020 - Confiança do comércio tem 4ª alta consecutiva em agosto, aponta FGV

SyndContentImpl.value=
O Índice de Confiança do Comércio passou de 86,1 para 96,6 pontos Arturo Rey/Unsplash O Índice de Confiança do Comércio (Icom) da Fundação Getulio Vargas (FGV) avançou 10,5 pontos em agosto, passando de 86,1 para 96,6 pontos, registrando a quarta alta consecutiva. Em médias móveis trimestrais, o indicador apresenta crescimento de 9,7 pontos. ?A confiança do comércio mantém a tendência de recuperação, com expressiva alta em agosto, conquistando 92% da confiança perdida desde o início da pandemia. O resultado do mês foi influenciado principalmente pela melhora da percepção sobre o momento atual, mas ainda com aumento do otimismo para os próximos meses. Apesar dos resultados positivos, a velocidade da recuperação não tem sido homogênea entre os segmentos. Os consumidores estão se mostrando cautelosos e a incerteza se mantém elevada, dificultando a elaboração de cenários mais claros da tendência da confiança nos próximos meses?, diz Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV), em comentário no relatório. Em agosto, a confiança subiu em todos os seis principais segmentos do Comércio. Do ponto de vista de horizontes temporais, houve melhora tanto percepção do momento presente e quanto nas expectativas. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) avançou 13,6 pontos, para 102,0 pontos, atingindo o maior valor desde agosto de 2013 (105,2 pontos). Já o Índice de Expectativas (IE-COM) subiu 6,8 pontos para 91,3 pontos, registrando o maior valor desde o início da pandemia. As quatros altas seguidas do ISA-COM mais do que compensaram as quedas no início da pandemia. Hoje, o indicador que mede a percepção sobre o momento presente recuperou 130% do que foi perdido no período. Essa alta expressiva, porém, não é homogênea entre os segmentos que compõe o varejo ampliado. Segmentos como tecidos, vestuário e calçados e veículos, motos e peças encontram-se abaixo do patamar de fevereiro, em especial o primeiro. Por outro lado, hiper e supermercados, que nem apresentou queda no período da pandemia, e móveis e eletrodomésticos, puxam o resultado do indicador para cima. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER