Home / Notícias / 21/08/2020 - Ibovespa termina semana mais aliviado, mas risco fiscal segue no radar

21/08/2020 - Ibovespa termina semana mais aliviado, mas risco fiscal segue no radar

SyndContentImpl.value=
Após ajustes, o índice subiu 0,05%, aos 101.521 pontos Após um pregão volátil, o Ibovespa terminou a sessão de hoje em leve alta, demonstrando alívio pontual dos agentes em uma semana cercada pela perspectiva fiscal ainda bastante negativa no país. Após ajustes, o índice subiu 0,05%, aos 101.521 pontos. Entre a mínima e a máxima, foi dos 100.412 aos 101.566 pontos e um giro financeiro de R$ 18,5 bilhões, abaixo da média diária dos pregões deste ano, que é de R$ 20,6 bilhões. O fluxo do dia demonstra que, apesar do contexto de cautela, as negociações ainda foram comedidas. Na semana, os ganhos do Ibovespa são de 0,17% A melhora veio ainda cedo, após as bolsas americanas ganharem fôlego, depois que alguns indicadores econômicos melhores do que o esperado deram um alívio aos que temiam uma recuperação econômica muito mais lenta por lá. Depois, dados melhores que o esperado no Caged também ajudaram a aliviar as perdas, mas o que continua limitando o índice são as indicações de que o risco fiscal ainda é grande. Apesar da vitória do governo ontem na Câmara dos Deputados, parte do mercado segue analisando outros pontos ainda incertos sobre os gastos públicos, como o valor do auxílio emergencial que, segundo o presidente Jair Bolsonaro, será prorrogado até dezembro, e também se o teto de gastos será mesmo respeitado. Hoje, a pressão adicional também veio das ações ligadas a commodities, especialmente as siderúrgicas, como Gerdau PN (-2,91%), Gerdau Metalúrgica PN (-2,59%), CSN ON (-2,23%) e Usiminas PNA (-1,85%), além da Vale ON (-1,19%). Todas elas passaram por valorização intensa ao longo da semana, refletindo os avanços nos preços do minério de ferro, que sobem conforme a maior demanda por aço na China. Nesta sessão, os ativos acompanharam o ajuste observado também no valor da matéria-prima. Entre os destaques positivos do dia está a Eletrobras (7,07% a ON 4,95% a PNB), que ficou entre os maiores ganhos da sessão. A procura pelas ações ocorre diante de certo otimismo dos investidores com a probabilidade de a estatal ser privatizada, comentam algumas fontes do mercado. Após a vitória do governo na Câmara dos Deputados na véspera, ficou a avaliação de que a gestão federal terá o apoio dos parlamentares em outras votações importantes, que incluem a agenda de privatizações e reformas. A recente articulação entre Executivo e Legislativo tem sido bem avaliada pelo mercado. Além disso, há comentários sobre uma maior articulação para que o substituto de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na liderança da Casa seja alguém mais alinhado aos projetos de Paulo Guedes, ministro da Economia, o que poderia agilizar o andamento de seus projetos no Congresso a partir do ano que vem. Outra ação que chamou a atenção foi IRB BRasil ON (12,31%). Apesar da ausência de notícias, analistas apontam que a proximidade da divulgação do balanço trimestral da empresa, que será feito no próximo dia 28, já motiva alguns investidores a rever suas estratégias. Cercada de incertezas, gestores apontam que a empresa ainda divide o mercado, o que justifica tanta volatilidade. A busca pelas ações também pode ser reflexo do mercado de aluguel de ações. De acordo com relatório da corretora Necton, os papéis da IRB foram os mais alugados no pregão de ontem. Isso significa que boa parte dos investidores apostava na queda do ativo nestes dias. Quando calculada a relação entre o número de ações em circulação no mercado e a quantidade de papéis alugados, chega-se a um total de 17% para a IRB, bem acima de outros ativos como Ecorodovias ON, que ocupa o segundo lugar do ranking com 13%, mesma quantidade de Usiminas PNA. Julio Bittencourt/Valor SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER