Home / Notícias / 21/08/2020 - Cogna vai reestruturar negócio de ensino superior

21/08/2020 - Cogna vai reestruturar negócio de ensino superior

SyndContentImpl.value=
Nesse sentido, haverá fechamento de unidades, renegociação de contratos e revisão de portfólio de cursos Ana Paula Paiva/Valor A Cogna anunciou, nesta sexta-feira, que fará uma reestruturação em seu negócio de ensino superior que vem registrando forte queda devido à pandemia e migração para cursos digitais. Cogna reverte lucro e tem prejuízo de R$ 454,7 milhões no 2º trimestre As unidades presenciais serão focadas em cursos "premium", e as graduações com mensalidade mais baixa serão digitais. Nessa reestruturação, haverá fechamento de unidades, renegociação de contratos e revisão de portfólio de cursos. ?É provavelmente a reestruturação mais importante do nosso negócio presencial?, disse Rodrigo Galindo, presidente da Cogna, em teleconferência para analistas e investidores. A Cogna, que também deixará de oferecer seu financiamento próprio para 2021, tem 15 cursos presenciais que são considerados prioritários. Entre eles estão medicina, odontologia, medicina veterinária, direito e psicologia. Nesse contexto, a companhia analisa aquisições de ativos classificados como ?premium?, como instituições que oferecem cursos de medicina. Galindo explicou também que algumas graduações podem ser consideradas "premium" em determinadas praças e em outras não, uma vez que isso depende da instituição que oferece o curso. ?Atualmente, temos 176 planejamentos estratégicos que estão analisando isso?, disse Galindo, que há três meses inciou o projeto de mudança de foco da companhia no segmento presencial. A reestruturação já começou a ser implementada e a previsão é de que até 2021 esteja concluída. ?Queremos fazer esse processo rapidamente?, disse Galindo, acrescentando que os cursos a distância têm melhores margens, o que dá mais retorno. A companhia também está sendo mais rigorosa em sua política de renegociação de inadimplentes, o que poderá reduzir as rematrículas. O encerramento do financiamento próprio terá baixo impacto porque atualmente, somente 6% dos novos alunos estavam se matriculando por meio dessa linha de crédito, segundo Roberto Valério, vice-presidente do grupo. Sobre a baixa liquidez da Vasta na Nasdaq, Bruno Giardino, diretor de relações com investidores, explicou que as ações estão concentradas em fundos com perfil de longo prazo, mas sua expectativa é que com o decorrer do tempo e mais conhecimento sobre o grupo haja maior demanda. A oferta na bolsa americana foi no mês passado, com captação de US$ 405 milhões. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER