Home / Notícias / 12/12/2016 - A velocidade da revolução digital traz oportunidades e ameaças aos mercados, exigindo alinhamento e integração em várias funções das organizações

12/12/2016 - A velocidade da revolução digital traz oportunidades e ameaças aos mercados, exigindo alinhamento e integração em várias funções das organizações

Estamos vivenciando um processo de transformação digital intenso e em velocidade nunca antes vista pelas…

É cada vez mais comum o aparecimento de novos cargos e funções ?Digital?, como Chief Digital Officers (CDO) e silos ou departamentos. No entanto, dados de mercado indicam que, na prática, organizações maduras e com sucesso na trilha de transformação digital investiram de maneira integrada em todas as suas funções, promovendo um alinhamento organizacional nesta direção e superando as barreiras comuns, como falta de recursos e de talentos.

Como evitar as armadilhas e se preparar para o mercado?

Algumas características das organizações maduras na trilha digital devem ser observadas. A pesquisa ?Aligning the organization for its digital future?, de 2016, que trata de negócios digitais e foi desenvolvida pela Deloitte em parceria com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), no traz alguns importantes insights:

· Integrar a estratégia geral à digital: a primeira grande evidência nas organizações maduras é integrar as estratégias digital e corporativa. Companhias com menor grau de maturidade digital ainda tratam suas iniciativas e estratégias dessa área como objetivos adicionais ou separados do negócio principal. Normalmente, é comum encontrarem problemas no decorrer das ações de transformação por não haver outras áreas da empresa preparadas para atuar e suportar os modelos digitais. O planejamento de TI, por exemplo, deve considerar dimensões como Governança, Finanças, Infraestrutura e Arquitetura, além de valores da cultura digital;

· Criar uma cultura digital efetiva: ter uma cultura voltada a valores da transformação digital requer mudanças significativas no comportamento corporativo. Uma evidência disso é o alto grau de investimento em inovação por parte das empresas que fazem uso desta metodologia de negócio ? chegamos a um comparativo de 87% do total, contra 38% em companhias nos estágios iniciais de maturidade digital. Programas de inovação contínuos, efetivos e que provoquem uma mudança de mindset são exemplos, além da ausência de forte hierarquia. Ações por projetos ou forças tarefas de transformação que combinem lideranças de diversas áreas, de modo a permitir que haja um engajamento a favor de um objetivo único com foco no resultado final, são bons exemplos de como evitar as armadilhas de ver a transformação esbarrar na morosidade e baixa energia da complexidade política das hierarquias;

· Comprometimento dos executivos seniores: evitar a evasão dos executivos seniores, pois a transformação das empresas deve ser iniciada por eles, aumentando seu desenvolvimento na cultura e valores digitais, alavancando as suas lideranças para reter e transformar talentos e ainda evitando a perda de conhecimento tão custosa, que só é conseguida por meio da experiência do executivo na empresa. Um exemplo prático é liderar incubadoras dentro da própria companhia, participar de startups e desenvolver KPIs (Key Performance Indicators, ou indicadores-chave de performance) atrelados à mudança estratégica digital;

· Investir em talentos internos e planejar o desenvolvimento de capacidades e habilidades pessoais: essas iniciativas podem ser praticadas pela implementação, por rate da área de Recursos Humanos, da filosofia do supply chain. Isso comprova que há uma preocupação em identificar as futuras demandas e habilidades, assim como em acompanhar metodologias de desenvolvimento e de planejamento para que estas habilidades sejam incrementadas, criadas e disponibilizadas no momento certo. Algumas companhias que conseguem implementar e evoluir planejando sua demanda em termos de capacidades e habilidades tendem a reter significativamente mais seus talentos;

· A importância dos softskills: Ao invés de se preocupar apenas com a qualificação voltada ao domínio de toda nova tecnologia, habilidades como capacidade gerencial, pensamento inovador e orientação à mudança, entre outros atributos voltados à liderança e colaboração, são fundamentais.

Considerando as dimensões abordadas e dados da pesquisa, observa-se que para trilhar a transformação digital é importante integrar cultura, pessoas, processos, estruturas e atividades na organização de maneira alinhada com uma única estratégia, que una elementos tradicionais e digitais em todas as suas dimensões. Com isso, visa-se atacar os desafios desta transformação de modo coeso, rápido e robusto, principalmente por meio de ações práticas voltadas a resultados, evitando as armadilhas comuns e acelerando na direção da maturidade digital com segurança.

Fábio Pereira é diretor da área de Consultoria e líder em Tecnologia, Estratégia e Arquitetura da Deloitte.

Sobre a Deloitte

A Deloitte oferece serviços de auditoria, consultoria empresarial, assessoria financeira, gestão de riscos e consultoria tributária para clientes públicos e privados dos mais diversos setores. Atendemos a quatro de cada cinco organizações listadas pela Fortune Global 500®, por meio de uma rede globalmente conectada de firmas-membro em mais de 150 países, trazendo capacidades de classe global, visões e serviços de alta qualidade para abordar os mais complexos desafios de negócios dos clientes. Para saber mais sobre como os cerca de 244.400 profissionais da Deloitte impactam positivamente nossos clientes, conecte-se a nós pelo Facebook, LinkedIn e Twitter. No Brasil, onde atua desde 1911, a Deloitte é uma das líderes de mercado, com seus 5.500 profissionais e com suas operações em todo o território nacional, a partir de 12 escritórios.

A Deloitte refere-se a uma ou mais entidades da Deloitte Touche Tohmatsu Limited, uma sociedade privada, de responsabilidade limitada, estabelecida no Reino Unido ("DTTL?), sua rede de firmas-membro, e entidades a ela relacionadas. A DTTL e cada uma de suas firmas-membro são entidades legalmente separadas e independentes. A DTTL (também chamada ?Deloitte Global?) não presta serviços a clientes. Consulte www.deloitte.com/about para obter uma descrição mais detalhada da DTTL e suas firmas-membro.

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 9:00h às 18:00h

NEWSLETTER