Home / Notícias / 08/09/2020 - Recuperação é heterogênea; setor de serviços vem mais lento, diz Mesquita

08/09/2020 - Recuperação é heterogênea; setor de serviços vem mais lento, diz Mesquita

SyndContentImpl.value=
Ao mesmo tempo, locais que recebem maior apoio do auxílio emergencial de R$ 600 recuperam-se mais rapidamente, observou economista em webinar A recuperação da economia brasileira está acontecendo, mas de forma bastante heterogênea do ponto de vista setorial e geográfico, disse nesta terça-feira Mário Mesquita, economista-chefe do Itaú Unibanco. Para ele, o setor de serviços recupera-se mais lentamente. Ao mesmo tempo, locais que recebem maior apoio do auxílio emergencial de R$ 600 do governo recuperam-se mais rapidamente, como no caso da região Nordeste. ?O indicador de atividade diário do Itaú sugere que o fundo do poço foi no dia 28 de março, período de distanciamento social mais intenso?, disse ele, ao participar de webinar transmitido pelo canal do YouTube da Fundação Getulio Vargas e no site do Valor. O Itaú Unibanco espera alta de 7% a 8% do PIB brasileiro no terceiro trimestre deste ano, frente aos três meses anteriores. Na sequência, a expectativa é de desaceleração. No cenário da instituição, o PIB deverá recuar 4,5% neste ano e crescer 3,5% no próximo ano. Mercados estão funcionando; desafio agora é estímulo a economias, diz José Julio Senna Se foco for popularidade, desaparece preocupação com neutralidade fiscal, diz Pastore Mesquita acrescentou que o crescimento do PIB em 2021 depende do comportamento da poupança interna. ?A taxa de poupança este ano deve subir para 18% a 19% do PIB; nos anos anteriores ficava em 10%, 11%", disse ele, acrescentando que, se as famílias gastarem parte do que foi poupado na crise, o consumo poderá crescer razoavelmente. Ele disse que reverter a política monetária expansionista seria mais fácil do que reverter política fiscal expansionista implementada pelo governo nos últimos meses. Neste ano, a expectativa é de um déficit primário da ordem de 11% do PIB. Sobre a inflação, Mesquita disse que vê repasses do câmbio e do preço das commodities. Isso pode gerar inflação ao consumidor em algum momento, avaliou. Ele acredita, porém, que os riscos inflacionários estão atualmente contidos pela própria recessão. ?Por ora riscos de inflação estão contidos, mas podem virar pressão lá na frente quando a economia mostrar mais dinamismo?, disse Mesquita, acrescentando, porém, que, se o país não mantiver apoio fiscal, vai ser difícil para a política monetária manter expectativas de inflação ancoradas. ?Veremos banqueiros centrais pelo mundo operando sob algum tipo de constrangimento fiscal?, disse. Reprodução/Youtube SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER