Home / Notícias / 01/09/2020 - Finkelsztain, da B3, vê maturidade de investidor pessoa física que não se desesperou

01/09/2020 - Finkelsztain, da B3, vê maturidade de investidor pessoa física que não se desesperou

SyndContentImpl.value= Parte até aumentou posições em renda variável logo após o vale em março e abril, observou presidente da Bolsa na Live do Valor Durante a crise do coronavírus, em março e abril, o investidor pessoa física não se desesperou, o que surpreendeu e mostrou maturidade, observou Gilson Finkelsztain, presidente da B3, na Live do Valor desta terça-feira. ?Vínhamos observando o investidor pessoa física crescendo em quantidade e em volume em renda variável e sempre tinham aqueles profetas do apocalipse dizendo que eles não sabiam o que estavam fazendo e na primeira crise iriam debandar. Mas esses investidores tiveram maturidade em março e abril e não se desesperaram, conseguiram até aumentar posições logo após o vale em março?, diz. Bolsa está mais ?quente? que a economia; talvez esteja reagindo antes, diz Finkelsztain, da B3 B3 cogita estímulos adicionais após adiar nova política de tarifação para início de 2021 Não vejo bolha na bolsa, pois não temos preços inflados de empresas, diz Finkelsztain Segundo ele, o investidor começou recentemente a diversificar o portfólio livre de risco para ativos com mais risco. ?Há um início de rebalanceamento que explica o movimento de maturidade de pessoas físicas de não terem abandonado e terem aproveitado a queda de renda variável e dos índices para aumentar alocações em ações.? Ainda sobre o movimento de pessoa física em bolsa, Finkelsztain disse que as operações de day-trade sempre existiram e são mais uma modalidade muito consolidada e conhecida no mercado. O que tem sido visto atualmente é um aumento de pessoa física operando mini-contratos de derivativos, observou. ?O aumento de pessoa física operando mini-contratos é uma porta de entrada, mas não é para qualquer investidor. Há necessidade de entendimento de mercados para operar derivativos?, comenta o executivo. Distribuição O setor de distribuição, principalmente as plataformas digitais de investimentos, tem feito um ?trabalho brilhante? de trazer novos investidores para a bolsa e democratizar os investimentos, segundo Finkelsztain. ?Um trabalho incrível com novos investidores e educação financeira e a gente apoia plataformas e também grandes corretoras e bancos que mudaram para atrair investidores. O investidor final está exigindo da corretora, plataformas ou dos bancos produtos múltiplos e isso é bacana?, diz o executivo, que complementa: ?O modelo de arquitetura aberta veio para ficar no Brasil e isso foi catalisado pelas plataformas?, diz. Sobre a forte entrada de pessoa física na bolsa, Finkelsztain afirma que o risco nos investimentos existe e que esse movimento precisa ser trabalhado com uma agenda de diversificação. ?[O investidor] não pode achar que com uma única ação ou produto vai ficar milionário, mas sim fazer gestão financeira mais adequada do portfólio.? Na nova era do uso das redes sociais para troca de informações, o presidente da B3 lembra que as responsabilidades não se alteram, tanto para investidores, como para os gestores e emissores. Ou seja, os emissores precisam saber o que pode ou não ser falado nas lives, por exemplo, porque em muitos casos os mercados estão abertos. Já os gestores precisam ter consciência da influência que podem ter ao divulgar análises. ?Mas o papel fundamental cabe ao investidor saber filtrar onde vai se informar e saber com quem está falando?, afirma Finkelsztain. O presidente da B3 lembra que a tecnologia também facilita a fiscalização, na qual as movimentações feitas podem ser facilmente identificadas e trabalhadas na autorregulação ou com o beneficiário acionado no regulador. ?Se houver mau uso das redes sociais, os beneficiários serão questionados pelo regulador e podem sofrer processos. Cada um tem que se atentar ao seu papel e o investidor onde e por quais fontes se alimenta de informação. A internet facilita a fazer pesquisas e a responsabilidade dos gestores é a mesma que sempre existiu?, afirma. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER