Home / Notícias / 01/09/2020 - Deltan Dallagnol deixa a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba

01/09/2020 - Deltan Dallagnol deixa a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba

SyndContentImpl.value=
A decisão teria como pano de fundo uma questão pessoal Guilherme Pupo/Valor O coordenador da força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, decidiu deixar o comando. O anúncio foi feito nesta terça-feira pela equipe do Paraná. Apesar de um momento conturbado para a operação, a decisão de Deltan teria como pano de fundo uma questão pessoal. A família teria descoberto recentemente um grave problema de saúde de sua filha. "Após 6 anos à frente da Lava Jato no Paraná, o procurador da República Deltan Dallagnol está se desligando da força-tarefa para se dedicar a questões de saúde em sua família", diz o comunicado. O texto faz ainda uma defesa do procurador à frente da força-tarefa, que virou símbolo de combate à corrupção. "Por todo esse período, enquanto coordenador dos trabalhos, Deltan desempenhou com retidão, denodo, esmero e abnegação suas funções, reunindo raras qualidades técnicas e pessoais. A liderança exercida foi fundamental para todos os resultados que a operação Lava-Jato alcançou, e os valores que inspirou certamente continuarão a nortear a atuação dos demais membros da força-tarefa, que prosseguem no caso." Deltan vai ser substituído pelo procurador da República no Paraná Alessandro José Fernandes de Oliveira. A nota diz que ele deve assumir as funções do antigo coordenador, "passando a titularizar, por meio de permuta, o ofício a que distribuídas investigações da Lava Jato no Paraná". O texto diz que o novo coordenador tem "reconhecida experiência no combate ao crime organizado" e foi o "membro com maior antiguidade na Procuradoria da República do Paraná a manifestar interesse e disponibilidade para coordenar os trabalhos no ofício a que vinculado o caso". Ficou estabelecido que haverá um período de 15 dias de transição. "Os integrantes da força-tarefa da Lava-Jato no Paraná agradecem Deltan Dallagnol pela imensa contribuição prestada ao combate à corrupção e se solidarizam com o seu momento pessoal, ao tempo em que expressam apoio e confiança a Alessandro Oliveira. Os trabalhos na força-tarefa prosseguirão da mesma forma como nos últimos anos", diz o texto. O procurador-geral da República, Augusto Aras, tem até 10 de setembro para decidir se renova a força-tarefa que atua no Paraná. Nas últimas semanas, Deltan travou uma batalha na Justiça para se manter no cargo e conseguir com que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) adiasse a análise de processos que poderiam levar ao seu afastamento do comando da força-tarefa. Após uma decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), os procedimentos foram retirados da pauta do colegiado. SyndContentImpl.interface=interface com.sun.syndication.feed.synd.SyndContent SyndContentImpl.type=text/html SyndContentImpl.mode=null Leia mais

Atendimento

COTAÇÃO ONLINE

Envie sua solicitação. A Miller Torres liga para você.

ONDE ESTAMOS

Rua 104 nº 192 St. Sul
Goiânia-GO, Brasil
CEP 74083-300

ATENDIMENTO

Telefone: (62) 3093-8080
Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira
das 8:30h às 18:00h

NEWSLETTER